segunda-feira, outubro 27, 2008

Boa semana

Confesso que sempre tive uma grande paixão e curiosidade pela construção naval por coisinhas técnicas que não lembram a ninguém e que muito me intrigam. Além disso sempre achei as infraestruturas portuárias com os seus navios, contentores e aquelas enormes gruas locais de rara beleza. Claro que estando ligado à construção metálica, a serralharia naval é sempre um mercado possível e há dois anos atrás a obra que mais aproximou desse mundo foi a adjudicação de um cais metálico para a doca de recreio da APDL. Simultaneamente estávamos a fazer uma espécie de cabines de portagem para a empresa do "Consultor Coelhoni" no acesso à via de cintura portuária do Porto de Leixões. Para ir às duas obras tinha de passar por um apertado controlo de acesso, mas era sempre porreiro olhar os navios mais de perto e andar de carro pelo meio dos contentores. Mas para quem olha para grandes navios com olhar inquiridor e com uma curiosidade infinita, tudo isto foram obras de consolação, pois foram obras "outboard". Mas como a vida é muito engraçada e as boas surpresas e oportunidades sempre aparecem, uma conhecida empresa de mobiliário hoteleiro contactou-nos recentemente para fabricar umas paredes metálicas de compartimentação e uma quantidade infindável de janelas e divisórias em aço inox, tudo para aplicar num navio de cruzeiro que está a ser fabricado num estaleiro em Génova. Para mim isto foi uma coisa quase emocional. Como diz o provérbio "quem vai para o mar, avia-se em terra" e estando eu aviadinho das obras anteriores, lá concorremos e fizemos a "obra". As semanas anteriores estivemos a fabricar e no no passado Sábado de manhã foi uma equipa de trabalhadores para Génova para proceder à montagem. O mais engraçado e apesar da montagem inicialmente não estar contemplada, os meus homens (salvo seja!) ganharam um "cruzeiro", pois farão a aplicação do material durante a viagem inaugural do navio. Todos os eles se vão estrear em viagens marítimas e na Sexta-feira estavam todos ansiosos por ir. O navio encontra-se ainda em doca seca e em breve (ainda não sei quando) sairá para Nice e depois para Lisboa onde receberá os primeiros passageiros. Em princípio chegarão a Lisboa em meados da próxima semana onde daremos a obra por terminada. E eu? Bom, eu por aqui estou em "backstage" recebendo notícias esporádicas, mas claro, "outboard"... Ainda não foi desta... Não me querem convidar para um cruzeiro?

4 comentários:

Andreia do Flautim disse...

Eu gostava de andar num grande barco desses!

LUIS FERNANDES disse...

VOCÊ JÁ ANDOU NO BASÓFIAS?
AH...SEU MALANDRECO!
UM ABRAÇO.
LUIS FERNANDES
(www.questoesnacionais.blogspot.com)

Toni disse...

Caro Luís Fernandes,

Nunca andei no Basófias mas imagino que seja um passeio bem agradável.

Há cerveja a bordo?

Abraço

By myself disse...

Vantagem para ti.
Já pensaste nos enjôos?
Eles depois contam-te os 2 primeiros dias...
Bjs