domingo, agosto 31, 2008

Arte equestre

video

"Os cavalos, meu Deus, os cavalos" terei eu dito depois de sair da última tourada que assisti. Nesse espectáculo que divide opiniões, aquilo que mais aprecio é ver bons momentos de pura arte equestre, como os que aqui vos mostro. Os detractores que aqui visitam, entendam que não sou pior pessoa por gostar disto e que pouca gente gosta mais de animais do que eu. O vídeo acima foi-me enviado por esta boa amiga. Gracias!




Cavalo á Solta - Fernando Tordo, letra de Ary dos Santos

sábado, agosto 30, 2008

Vai um empurrãozinho?



A história do "empurrãozinho" faz parte de todos. Não é a história de "pegar de empurrão", que cada um arranca da forma que quer, o que me refiro é do empurrão de apoio, da mão amiga, do fazer saber, do apadrinhamento. Aquilo que muitos gostam de fazer e que nem sempre reconhecem que lhes fizeram porque o orgulho lhes traça a personalidade. Certo é que muito do que fazemos vem com embalo de ensinamentos anteriores e é sempre bom trazer à memória alguém que nos enriqueceu com conhecimento ou amizade. Andamos todos no jogo do empurra. Já empurraste hoje?

terça-feira, agosto 26, 2008

"Quem tudo rege, ordena e manda é o dono da locanda"

Gravura "Rei na Barriga"
do Rafael Bordalo Pinheiro

(também o autor de todas essas caricaturas que pululam pela esquerda)


Existem pessoas que têm um reino na barriga (não é só o rei, é mesmo a corte toda). Por guardarem assim tão valioso conteúdo dentro do seu corpo julgam-se (acreditam realmente nisso) que são mais do que os outros. Todos nós as conhecemos. E aquelas a quem nos referimos julgam mesmo conhecer muitas pessoas assim, que nunca elas. Existem em todo o lado, desde a funcionária atrás do balcão para a qual uma pergunta é a coisa mais estúpida que alguém se lembrou de inventar, até às pessoas cuja função é vender qualquer tipo de ingresso, bilhete ou material, e julgam-se no direito de interromper o que quer que seja para demonstrar como é que um ser humano pode ser um mole. Essas pessoas julgam-se mais do que as outras, porque arrogam-se o direito agir perante os demais conforme o seu humor. Depois, há aquelas pessoas que não se apercebem do valor das outras. Para elas tudo é um filme, uma história, uma conspiração. Ninguém é bom por natureza, julgam estas, todos nos querem tramar. E antes que nos "lixem", vamos nós "lixar" primeiro. Por isso este mundo redondo está cheio de pessoas quadradas, com bicos, saliências que ferem os outros, sem razão aparente. Ninguém acredita na honestidade, nem na simplicidade nem na verdade. Por isso andamos todos de candeias às avessas e, talvez por isso, todos estamos ávidos de um escândalo e de uma maneira de mostramos o nosso reino dentro da barriga: somos melhores e vamos provar isso. E até amanhã para aqueles que desistiram de tentar provar o quanto as nossas barrigas estão vazias.

domingo, agosto 24, 2008

Torneio Olímpico de Boxe



Terminaram hoje os Jogos Olímpicos e com eles o Torneio Olímpico de Boxe. Gostava de ter assistido desde o começo, mas os quatro canais de desporto só transmitiram combates a partir das meias-finais. De qualquer forma segui de perto o torneio através do site oficial dos Jogos, e fui conseguindo ver as eliminatórias via Youtube. O Torneio de Boxe Olímpico marca o topo do calendário da modalidade que, à semelhança do atletismo, tem os seus campeonatos mundiais nos anos ímpares, e nos anos pares os campeonatos da Europa, Oceania, Africanos, Asiáticos e Americanos.

Genericamente qualificam-se para as olimpíadas os pugilistas que ficam abaixo de sétimo lugar nesses campeonatos de anos pares, além de se realizarem um pouco por todo o mundo torneios pontuáveis para qualificar atletas. Cada país só pode qualificar um atleta por cada uma das 11 categorias de peso, e o país anfitrião tem wild card. Isto traduzido em números, apresentaram-se 296 atletas de mais de 50 paises, para 11 categorias de peso. Portugal só teve uma presença olímpica, no longínquo ano de 1980 nos Jogos Olímpicos de Moscovo e quase conseguiu uma qualificação para Atlanta 1996, mas as coisas não foram fáceis para esse ambicioso "atleta", tendo ficado a uma eliminatória de fazer um pouco de história (para ele...)

Mas daquilo que acompanhei do torneio destaco algumas coisas, entre elas o vídeo que aqui coloco com a final da categoria de pesos plumas (57kg), com o seu vencedor, o Ucraniano Vasil Lomachenco (capacete e equipamento vermelho) que ganhou o prémio de melhor pugilista do torneio com quatro das cinco vitórias do torneio feitas com grande diferença pontual, e na final ganhou ao primeiro assalto com a supremacia que podemos ver.

No boxe amador (assim chamada a modalidade, pois há o boxe profissional) os combates são de 4 assaltos de 2 minutos, com 1 minuto de intervalo entre cada. No vídeo podem ver no canto superior esquerdo uns dígitos que mostram uma pontuação que é feita de forma electrónica com 5 juízes em redor do ringue que pontuam sempre que vêm um golpe ser conectado. O ponto só é somado para um dos contendores, quando 3 dos 5 juízes carregam simultaneamente, pelo que, nesta modalidade, obriga os atletas a serem decididos quando decidem "mandar" as mãos contra o adversário, de forma a que o golpe seja visível e efectivamente some um ponto.

Destaco este ucraniano que marcou o torneio pela sua qualidade técnica, pela força dos seus golpes, pela rapidez de reacção e pelo seu jogo defensivo. Com apenas 20 anos, poderá ganhar muitas mais medalhas e ser um futuro campeão mundial de profissionais de grande sucesso. Destaco também na categoria de Peso Mosca (51 Kgs) o tailandês Somjit Jongjohor que se sagrou campeão olímpico aos 33 anos, a China que pela primeira vez ganhou medalhas de ouro na modalidade nas categoria de Mosca-ligeiro (48 kgs) e Meios-pesados (81 kgs) e estreias também para a Mongólia na categoria de Peso Galo (54 Kgs) e República Dominicana na categoria de Super-ligeiro (64 kgs). O Russo Alexey Tishchenko repetiu o ouro ganho em Atenas 2004 e destaco também a medalha de ouro da categoria máxima de Super-Pesados (+91 Kgs) ter ficado nas mãos do Italiano Roberto Cammarelle.

Mas sem dúvida que o maior destaque deste torneio olímpico, foi o desaire da selecção de Cuba, que em edições anteriores chegou a ganhar 7 medalhas de ouro em 11 categorias, mas de qualquer forma, conquistaram 8 medalhas no total, entre pratas e bronzes. Estranha-me também a Alemanha que tantos campeões do mundo e olímpicos sagrou, não ter conseguido uma única medalha, e os EUA que apenas medalharam um atleta com bronze.

Em baixo ficam as fotos de todos os campeões olímpicos de Pequim, aqui fica a minha homenagem pelo que conseguiram.


















Peso Mosca-ligeiro (48 kgs) - Zou Chiming, China.


















Peso Mosca (51 Kgs) - Somjit Jongjohor, Tailândia.
Medalha de ouro aos 33 anos. No Boxe Amador o limite máximo de idade é de 34 anos.


















Peso Galo (54 kgs) - Badar-Uugan Enkhbat, Mongólia.



















Peso Pluma (57 Kgs) - Vasyl Lomachenko, Ucrânia. Considerado como o melhor atleta do torneio.Tem apenas 20 anos. Em cima está o vídeo da final que lhe deu o ouro.



















Peso Ligeiro (60 kgs) - Alexey Tishchenko, Russia.
É a segunda medalha de ouro olímpica que ganha. Foi ouro em Atenas na categoria de 57 kgs, e duas vezes campeão do mundo. em 2003 e 2007. Talvez um dos atletas mais experientes da modalidade.






















Peso Meio-médio-ligeiro (64 kgs) - Felix Diaz, República Dominicana. De azul.















Peso Meio-médio (69 kgs) - Bakhyt Sarsekbayev, Kazaquistão.
De azul.















Peso Médio (75 kgs) - James DeGale, Inglaterra.





















Peso Meio-pesado (81 kgs) - Zhang Xiaoping, China.



















Peso Pesado (91 Kgs) - Rakhim Chakhkiev, Rússia.
De vermelho.


















Peso Super-pesado (+91 kgs) - Roberto Cammarelle, Itá
lia.

quinta-feira, agosto 21, 2008

Esta pérola musical eu dedico a:

Todos (as) os que recordam com saudade os anos 80;
todos (as) os que apreciam belos cabelos compridos;
todos (as) os que gostam de um bom falsete;
todos (as) que já curtiram (pelo menos) um desgosto amoroso;
a todos os audociosos (as), arrojados (as) e valentes que conheço. E não são poucos...

Mas ao ouvir a notícia da medalha de ouro ganha pelo Nelson Évora (parabéns, foi fantástico), esta musiquinha ouvida hoje mesmo na radio, eu dedico muito especialmente à Naide Gomes.



You can win if you want
if you want it you will win

quarta-feira, agosto 20, 2008

Foto do dia

O foguete da Rebordosa à partida, em Aveiro, para uma vitória de etapa na volta.

Desafio

vão ter que ser duas. uma ad e outra pd :)

Uma garfada neste assunto...

terça-feira, agosto 19, 2008

Picos da Europa

O desafio não era para mim mas como também gosto muito de fotografia decidi partilhar.. difícil foi escolher uma!..

Foto para o desafio do Toni

Hoje é Dia Mundial da Fotografia

Considerada por muitos como uma arte, para mim a fotografia tem sido uma paixão recente e ando sempre com a minha pequena máquina fotográfica para todo o lado. Não tenho qualquer pretensão de ser fotógrafo, mas por aqui e por ali gosto de registar alguma coisa que, por algum motivo, me desperte atenção. O dia que hoje se comemora fez-me postar esta fotografia que, das muitas que tirei, está entre as que mais gosto:


Com isto lanço um desafio ao pvl e ao brise. Das fotos que tiraram, postem aqui uma das vossas fotos preferidas. Apenas uma, sem histórias, sem justificações, apenas a foto que mais gostem. Vamos a isso :)

segunda-feira, agosto 18, 2008

A reportagem...

O touro cavalgou a trincheira e furou o separador de aço. 520 kg de força a subir a bancada. Um pesadelo! O animal ingovernável, o ambiente insuportável, a histeria no ar. Depois de um baque me atingir, deixei de ver e de ouvir... Hoje tenho a moral nas últimas. Só consigo escrever isto.

sábado, agosto 16, 2008

Amanhã...

...reportagem em directo duma praça perto de si...
Aguardem

terça-feira, agosto 12, 2008

Na tacinha

Como no domingo de manhã acordei (fui acordado) cedo, decidi aproveitar para ver um bocadinho dos jogos olímpicos. Liguei a televisão e, para minha felicidade, ainda deu para ver o final da prova de estrada de ciclismo feminino. Como não tinha grande vontade de fazer o que quer que fosse, deixei-me estar pelo sofá a ver mais um bocado de desporto, que entretanto tinha mudado para natação. Ainda antes que eu tivesse tempo de acordar completamente, já tinham sido batidos dois recordes mundiais. E ainda tive tempo de ver um dos gajos que tinha batido um desses recordes a ganhar uma outra prova. É só a mim que esta profusão de recordes mundiais parece estranha? Isto faz-me lembrar o ciclismo de há alguns anos, em que se faziam médias brutais em etapas de 220 km, que o Floy Landis fazia uma etapa de montanha sozinho e o Pantani subia o Alp d'Huez a pedalar só com uma perna.

Enfim, até pode ser que não seja nada, mas lá que é estranho é. (e não me venham com a história de que os fatos os fazem nadar mais depressa. o spitz tinha uma bigodaça farfalhuda, e isso não o impediu de ganhar não sei quantos milhares de medalhas nuns jogos olímpicos)

segunda-feira, agosto 11, 2008

O que sugerem estes locais que vos mostro?

Penedo da Saudade, Coimbra

Miradouro do Vale do Inferno, Coimbra

Serra do Pilar, Gaia

Passeio na zona do Cabedelo, Gaia

domingo, agosto 10, 2008

Estatutos do BE


Artigo 1
Definição e objectivos

1 – O Bloco de Esquerda é um movimento político de cidadãs e cidadãos que assume a forma legal de partido político.

2 – O Bloco de Esquerda, adiante também referido como Movimento, inspira-se nas contribuições convergentes de cidadãos, forças e movimentos que ao longo dos anos se comprometeram e comprometem com a defesa intransigente da liberdade e com a busca de alternativas ao capitalismo. Pronuncia-se por um mundo ecologicamente sustentável. Combate as formas de exclusão baseadas em discriminações de carácter étnico, de género, de orientação sexual, de idade, de religião, de opinião ou de condição.

3 – O Bloco de Esquerda defende e promove uma cultura cívica de participação e de acção política democrática como garantia de transformação social, e a perspectiva do socialismo como expressão da luta emancipatória da Humanidade contra a exploração e opressão.


Comentário:
Onde se viola a liberdade no mundo da construção? As construtoras defendem o capitalismo? Será que o BE não conhece os actuais regulamentos ambientais, de gestão de resíduos e de aproveitamento energético, obrigatórios em qualquer obra de edificação? No mundo da construção não há exclusão nem descriminação. Há regulamentos que não o permitem. Mas há especulação, há muito dinheiro envolvido, e dinheiro que circula nas mãos de muita gente. Este graffiti que fotografei hoje à tarde perto da praia do cabedelo em Gaia, deveria dizer "Não à especulação". De qualquer das formas sendo o BE um partido que defende os interesses de várias minorias, esta pintura transmite uma mensagem feliz para uma minoria desesperada por férias que ultimamente vive, respira e até sonha com construção, eu.

quinta-feira, agosto 07, 2008

Em directo do BES de Lisboa:



Dog Day Afternoon, de Sydney Lumet (1976)

A festa está aí

Os Jogos Olímpicos duram apenas 17 dias, mas, ao assumir a sua organização, a China entrou num «jogo» que não sabe quando irá terminar. Nas ruas de Pequim corre uma brisa de mudança no ar. Corre também muita apreensão com as constantes ameaças de terrorismo, mas o clima é de festa. É a festa da excelência do desporto. O topo da pirâmide, o auge da carreira dos desportistas. A festa é para eles.

quarta-feira, agosto 06, 2008

Lembrem-se que...

...ao longe, ao perto e sem darmos conta, há sempre alguém que nos vê, que nos julga e muitas vezes temos alguém que nos persegue. Estamos constantemente a ser apreciados e quer queiramos quer não, temos sempre de dar justificações a alguém. Nada disto é um desabafo ou sequer uma queixa, é apenas a realidade que temos e a simples constatação de que ninguém é livre a cem por cento. Bom era que tivéssemos sempre alguém que olhasse por nós...

(dEUS??)



sexta-feira, agosto 01, 2008