terça-feira, agosto 12, 2008

Na tacinha

Como no domingo de manhã acordei (fui acordado) cedo, decidi aproveitar para ver um bocadinho dos jogos olímpicos. Liguei a televisão e, para minha felicidade, ainda deu para ver o final da prova de estrada de ciclismo feminino. Como não tinha grande vontade de fazer o que quer que fosse, deixei-me estar pelo sofá a ver mais um bocado de desporto, que entretanto tinha mudado para natação. Ainda antes que eu tivesse tempo de acordar completamente, já tinham sido batidos dois recordes mundiais. E ainda tive tempo de ver um dos gajos que tinha batido um desses recordes a ganhar uma outra prova. É só a mim que esta profusão de recordes mundiais parece estranha? Isto faz-me lembrar o ciclismo de há alguns anos, em que se faziam médias brutais em etapas de 220 km, que o Floy Landis fazia uma etapa de montanha sozinho e o Pantani subia o Alp d'Huez a pedalar só com uma perna.

Enfim, até pode ser que não seja nada, mas lá que é estranho é. (e não me venham com a história de que os fatos os fazem nadar mais depressa. o spitz tinha uma bigodaça farfalhuda, e isso não o impediu de ganhar não sei quantos milhares de medalhas nuns jogos olímpicos)

5 comentários:

ame disse...

Parece que a "culpa" é da piscina... É mais funda do que as restantes piscinas olímpicas. Até eu, neste estado de "popota", dentro de um fato daqueles e naquela piscina bateria, no mínimo, um record nacional...
No outro dia, num dos imensos debates sobre os JO, ouvi que nunca tinham sido feitos tantos pedidos de atletas para tomarem medicamentos para a asma... Estariam a antever a poluição chinesa?

Brise disse...

não duvido que, dentro da tua categoria específica, batesses um record :) e acho que estão a fazer da piscina um bode respiratório...

e, pelos vistos, toda a gente pode tomar medicamentos para a asma, menos os ciclistas. o paulinho teve que desistir por causa disso.

eu agora estou a tentar bater o recorde de velocidade de escrita só com uma mão, porque com a outra tenho que segurar o puto (que está fascinado com o teclado :)

pvl disse...

o puto numa mão e uma Wii na outra... era capaz de resultar bem.

enfim ... podia ter ficado calado

Brise disse...

eu acho a ideia excelente. se me ajudares a convencer a mãe que ele já tem idade para jogar wii, eu também te deixo jogar :)

Andreia do Flautim disse...

Coisas estranhas!