quarta-feira, janeiro 23, 2008

Isto é camaradagem:

Impressionante, diria eu...

5 comentários:

Brise disse...

sinceramente, o único comentário que me ocorre é que só se mete nas merdas quem quer :)

My self disse...

...e eu diria que foi muito bem feito! Acho que o touro esteve muito bem, e quase se conseguiu vingar do massacre todo por que passou até ao momento da pega. Eu disse: quase!

De qq forma, gostei de visitar o vosso blog e se me dão licença, vou "linkar"!
Abracinhos...

Toni disse...

Agradecemos a visita, mas nesta casa somos (quase) todos descendentes toureiros e encaramos as corridas de touros (quase) como a mais nobre forma de cultura nacional! (A seguir ao fado, aos doces conventuais alentejanos, aos enchidos transmontanos, às fintas do Cristiano Ronaldo e as sardinhas assadas numa noite de verão)

Tb está "linkada", apareça sempre, abraço

My self disse...

Quanto à tourada, acho que afinal estamos (quase) de acordo, ou seja: encaram-na (quase) como a maior forma de cultura nacional, e a seguir à sardinha assada.
É...estamos de acordo!!! É assim mesmo que eu vejo a tourada!

P.S.:Continuo a aguardar o dito raio (sei q vem)...é uma questão de tempo!

Paulo disse...

Fico todo CONTENTE por ver a vingança do pobre animal, que não provocou ninguém e é torturado para gáudio de alguns bárbaros - vejam como estes valentões só tentam "pegar" o animal quando este já está ensanguentado e exausto, fruto das BESTAS (esses sim, são-no !!) que antes o feriram sadicamente. E já nem falo do que acontece ANTES (sabem que há um instrumento a que esses malandros chamam "colhoeira" e que serve para esmagar os testículos do animal antes de entrar na arena ?? Por isso entra daquela maneira...) e DEPOIS (fica ali a sofrer até que o matem). Que não sofre ?? Quais os estudos neurofisiológicos que suportam um disparate desses ?? Mas se uma simples mosca pusada no dorso faz com que o animal a afaste ... !! Que desgosto de prática bárbara, alimentada por interesses económicos e pela ignorância. E até levam crianças a ver semelhante espectáculo : "anda, vem ver como infligir dor dá prazer...". Hoje os animais, amanhã as pessoas.
Em nome da tradição ?? Ainda devem bater nas mulheres quando chegam a casa, os estúpidos - também era tradição !! Ou concordarem com a ablacção do clitóris, também é tradição, não é ...?? E que tal organizarem ums tradicionais lutas de gladiadores ?? Mas se até o tolo do Sampaio (e o governo de então) quando era Presidente da República concordou com a legitimação da espantosa barbárie de Barrancos ...isto mostra o país que temos, no séc. XXI. O Gandhi tem uma belíssima frase, a este respeito : "O grau de civilização de um povo mede-se pela forma como trata os seus animais".